Aplicações da internet das coisas (IoT) é uma demanda crescente no meio empresarial. Trata-se de uma nova abordagem de gestão para melhorar a eficiência do seu negócio, na qual as tendências são convertidas em realidade.

Mas, afinal, quais são as aplicações da internet das coisas no meu negócio?

Pois bem, as possibilidades da IoT são muitas e cabe à alta administração identificar quais são viáveis. Nesses casos, procurar consultorias externas pode ser uma alternativa interessante.

Ficou interessado? Então confira abaixo as aplicações da internet das coisas para a gestão de negócios da sua empresa. Acompanhe!

1. Sistemas de controle constante 

O número de empresas que investem em internet das coisas é relativamente pequeno. Pesquisas da IBM mostram que 75% dos entrevistados não possuem soluções de IoT desenvolvidas por completo. Isso mostra que existem muitas oportunidades e nichos de mercado. 

Vale a pena investir recursos em pesquisas sobre IoT. Trata-se de uma forma inteligente de obter vantagem competitiva. Lembre-se, estamos na Era da Informação.

Os novos equipamentos de tecnologia possuem conectividade e isso permite o envio, em tempo real, de informações relevantes para os gestores de negócio. Trata-se de uma maneira de antever problemas e antecipar soluções.

Uma gestão com qualidade deve monitorar continuamente o desempenho do seu negócio. A conexão por sensores viabilizou o acesso às informações nas mais variadas plataformas, como smartphones, relógios, televisores e tablets.

2. Rotinas automatizadas

As aplicações da IoT impactaram fortemente o mercado empresarial, visto que permitiram a redução de custos nos processos produtivos. Por meio de ações pré-configuradas, é possível automatizar tarefas rotineiras e concentrar esforços na melhoria do seu modelo de negócios.

Um exemplo prático é investir em sistemas de monitoramento em tempo real. Essas aplicações conseguem processar dados relevantes e transmiti-los para os smartphones dos gestores. Isso viabiliza decisões rápidas e eficazes. Os investimentos em tecnologia não param de crescer e isso mostra a relevância da IoT no mercado.

3. Tecnologias vestíveis

Trata-se dos dispositivos wearables. As interfaces intuitivas permitem a configuração rápida dos sensores de IoT. O uso da tecnologia pelas novas gerações é algo natural e com poucos obstáculos. Roupas, tênis e pulseiras com sistemas embarcados já são realidade.

A tecnologia dos sensores permite a identificação geográfica de potenciais clientes e de novas oportunidades de negócio. O nicho dos wearables ainda é pouco explorado e carece de profissionais qualificados.

4. Consumo sustentável de energia

O controle de consumo de energia é uma demanda antiga das empresas. Os governos exigem cada vez mais que os processos produtivos gerem impactos ambientais mínimos. Trata-se de uma tendência irreversível para a preservação do meio ambiente.

Pois bem, por meio dos sensores, é possível calcular o custo energético dos dispositivos utilizados pela sua empresa. Essa é uma abordagem racional de gestão que permite a redução de custos nos processos operacionais.

5. Medição da produtividade

Os sistemas para IoT conseguiram automatizar rotinas, até então, manuais. Processos que demorariam horas para ser finalizados, hoje podem ser concluídos em minutos.

Imagine os sistemas que movimentam milhares de transações por dia. Por meio da IoT, torna-se possível identificar os horários de menor produtividade e agir corretivamente. Isso mostra que investir em tecnologia é garantir a agilidade do seu negócio.

Pois bem, essas são as principais aplicações da internet das coisas na gestão da sua empresa. Gostou do assunto? Então confira no nosso blog o artigo sobre IoT nos negócios.