A inteligência artificial é responsável por tornar as máquinas cada vez mais capazes de raciocinar, resolver diversos problemas e se autoaperfeiçoar — simulando a mente humana. Nas empresas, existem inúmeras aplicações da inteligência artificial que visam melhorar sua capacidade competitiva e ajudar a crescer e se consolidar no mercado.

Hoje, a inteligência artificial é usada em diversos sistemas tecnológicos que podem processar e interpretar grandes volumes de dados, otimizando os serviços. Pensando nisso, preparamos este artigo com suas principais aplicações nas organizações. Boa leitura!

1. Salesforce Einstein

Certamente, o Salesforce Einstein é uma das principais aplicações de inteligência artificial que temos hoje. A tecnologia pode ser empregada no setor de vendas, marketing ou atendimento ao cliente e possibilita, por meio da remoção da complexidade dos recursos, que qualquer organização ofereça experiências mais inteligentes e personalizadas.

Por ser suportado por algoritmos como deep learning, machine learning avançado e descoberta inteligente de dados, seus modelos são automaticamente personalizados para as necessidades de cada cliente.

Presente em todas as nuvens da Salesforce, a inteligência do Salesforce Einstein descobre detalhes relevantes do contexto de negócios e é capaz de prever comportamentos futuros — sugerindo as próximas melhores ações ou automatizando as tarefas.

2. Watson

O Watson é um software extremamente versátil que permite ao usuário criar seus próprios sistemas cognitivos — capazes de compreender emoções, interpretar imagens e textos, dar respostas, ouvir sons, entre outros.

Usado em diversos setores e diferentes áreas, o sistema é capaz de aprender com a própria experiência ou por meio das novas informações que podem ser inseridas nele. Desse modo, o Watson apresenta resultados cada vez mais precisos e acertados.

3. Chatbots

Os chatbots são sistemas capazes de reproduzir um diálogo natural e são muito usados no atendimento a clientes, no marketing empresarial e na captação de leads de forma muito mais interativa.

Se ligado ao banco de dados da empresa, a inteligência faz conexões com o que está sendo pedido e é possível usá-los para passar informações sobre produtos e serviços, tirar dúvidas e, ainda, realizar ações mais complexas com base nas expressões do cliente.

4. Assistente pessoal

Os assistentes pessoais virtuais são capazes de oferecer suporte e executar e resolver tarefas simples com mais agilidade e precisão. Os colaboradores podem, por exemplo, consultar as atividades do dia, a data e programação das reuniões, o calendário de tarefas e viagens, entre outros — possibilitando uma maior organização pessoal e profissional.

Uma pesquisa revelou que o número de consumidores que usa aplicativos de mensagens e assistentes pessoais vem aumentando desde 2015. Além disso, esses assistentes tendem a substituir cada vez mais as aplicações tradicionais que demandavam a utilização de vários aplicativos para serem executadas.

De tempos em tempos, as principais tendências de aplicações de inteligência artificial se renovam e se aperfeiçoam, mas ainda devem estar cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas e empresas. Com elas, os processos tornam-se mais ágeis e eficazes, melhorando, inclusive, a relação com o cliente.

Se você gostou do nosso conteúdo e tem interesse pelo assunto, assine nossa newsletter! Assim você recebe outras informações relevantes diretamente em seu e-mail.