Atualmente, qualquer empresa que queira obter sucesso e crescer emprega em sua gestão, pelo menos, dois sistemas para garantir que seus processos corram com eficiência: CRM e ERP.

Em geral, a implementação desses softwares acontece sem uma integração entre os dois. Mas as empresas que fazem dessa forma acabam perdendo diversos benefícios que a integração entre o CRM e ERP traz.

Para que a sua empresa não seja uma delas, vamos explicar neste post o que é cada um desses softwares e quais as vantagens de investir em sistemas totalmente integrados. Acompanhe!

O que são CRM e ERP?

Os sistemas de CRM (Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) gerenciam dados valiosos de clientes e rastreiam suas interações com a empresa. Isso ajuda as organizações a entender melhor quem são as pessoas que compram delas, fornecendo dados críticos sobre suas atividades, preferências e gostos.

Já um sistema ERP (Enterprise Resource Planning, ou Planejamento dos Recursos Empresariais) é um software composto por todos processos dentro de uma empresa, necessários para gerenciar os recursos humanos e de capital.

O objetivo é consolidar as informações dessas funções separadas — produção, finanças, compras etc. — em um sistema completo e integrado. Isso permite que as empresas gerenciem melhor seus negócios, coordenem recursos de maneira eficiente e obtenham maior produtividade.

Quais os problemas da falta de integração?

O CRM e ERP oferecem benefícios substanciais para as empresas. No entanto, torna-se difícil acompanhar as interações com os clientes e obter informações precisas quando há dois sistemas diferentes incapazes de se comunicar um com o outro.

Por exemplo, quando as oportunidades de vendas são tratadas no sistema CRM, as ordens devem ser inseridas manualmente no sistema ERP. Sem integração, o time de vendas não consegue acompanhar os pedidos completamente durante o processo.

Além disso, a produção não conseguirá prever com precisão o que está sendo processado. Isso cria redundâncias, processos manuais com maior chance de erros e trabalho extra em ambas as extremidades das operações.

Se o pessoal de vendas tivesse acesso aos dados do ERP, eles poderiam responder imediatamente às perguntas dos clientes sobre a disponibilidade do produto ou revisar o status dos pedidos sem perder tempo rastreando as informações.

Os dados de CRM seriam inseridos no sistema ERP automaticamente, permitindo uma previsão mais precisa e um planejamento de produtos eficiente.

Quais os benefícios do CRM integrado ao ERP?

A agilidade é extremamente importante no mundo atual orientado por dados. Para ser ágil, as informações precisam fluir sem problemas em todas as partes de um negócio. 

Nesse contexto, o compartilhamento de informações e a visibilidade dos sistemas aumentam a produtividade e simplificam os processos de negócios, levando ao aumento do ROI.

sincronização de dados de aplicativos CRM e ERP permite que as empresas automatizem e simplifiquem os processos.

Com o muro entre o CRM e o ERP removido, as informações podem ser colocadas na frente das pessoas que mais precisam, eliminando inúmeros processos não documentados que envolvem e-mails, pilhas de papéis e outras formas ineficientes de distribuir informações.

A integração faz com que dados valiosos dos sistemas ERP e CRM estejam disponíveis para as pessoas certas no momento certo por meio de uma única interface. Quando bem-sucedida, permite obter respostas em tempo real às consultas do cliente e às condições de mercado, tornando o negócio como um todo mais ágil.

Muitas empresas obtêm enormes economias e aumentam o lucro quando aproveitam o verdadeiro poder de seus dados integrando seus sistemas CRM e ERP.

E você? Está pronto para aproveitar esses benefícios? Assine nossa newsletter e receba diretamente no seu e-mail mais dicas sobre como otimizar a gestão da sua empresa!