Desafios têm de ser vencidos todos os dias por gestores, diretores e CEO’s para manter o market share da empresa em determinado segmento, no qual o cliente é sempre o foco do negócio.

Mas há alguns que precisam de uma atenção especial, e da visão dos responsáveis pelo negócio para serem superados. Quer saber quais são os 3 maiores desafios de fidelização de clientes? Confira a seguir!

1. Crise econômica

Com o cenário econômico atual, as pessoas estão cada vez mais criteriosas na escolha do que vão consumir. Então, garantir que aquilo que você oferece é realmente essencial pode ser um dos caminhos para fidelização de clientes, afinal, é na crise que surgem as oportunidades, e esse é o momento para agregar valor funcional ao seu produto/serviço.

Quais são os benefícios que ofereço? O que o cliente ganha consumindo o que eu disponibilizo? Lembre-se: hoje em dia, economizar tempo é uma das melhores conquistas que o cliente pode perceber ao adquirir o seu produto!

2. Conquista da credibilidade

Se o seu cliente não acredita que a sua empresa pode entregar o que vende, não há como ter sucesso dentro do seu segmento de mercado. É preciso cativar e conquistar a confiança de cada consumidor para que ele seja um potencial difusor das mensagens que gostaria de comunicar com seu produto/serviço.

Mas como passar credibilidade para àqueles que já são meus clientes? Uma das estratégias mais eficazes para fidelizar clientes é valorizar quem reclama! O cliente que volta a sua empresa, seja no ponto de venda ou por meio de central de relacionamento, quer comprar de novo com você, portanto, valorize-o! 

Um estudo realizado pela consultoria americana Bain & Company afirma que 95% dos clientes que reclamam e têm a demanda rapidamente solucionada permanece como clientes da sua empresa. Já daqueles que não reclamam, apenas 37% continua cliente.

Ou seja, os dados comprovam que compensa investir no relacionamento com o cliente, orientado para a resolução rápida de problemas apresentados.

3. Resistência a mudanças

Mercado, empresa e pessoas estão em constante evolução. Atualmente, fatores de resistências a essas mudanças dentro da própria organização representam o principal concorrente intangível para o negócio: gerentes, diretores e CEO’s engessados e com a linha de pensamento burocrático podem orientar equipes, inconscientemente, para a perda de clientes.

É visto que o modo de pensar e ver o mundo da sociedade evolui cada vez mais rápido ao longo do tempo. Portanto, estar atento às perspectivas não só de mercado, mas também ao comportamento do consumidor e aos anseios deles em relação ao que consomem pode significar antever situações e demandas que o seu público-alvo possa desejar ou precisar.

No entanto, além de observar as rupturas e novas visões de mundo, é necessário ainda posicionar a empresa, seus gestores e cada equipe para a constante adaptação às mudanças e, por conseguinte, adaptação ao novo perfil de consumo do seu cliente.

Em um cenário de tantas informações e mudanças, é preciso estar cada vez mais próximo do seu nicho, conhecendo cada consumidor em suas especificidades e anseios, para ter sucesso no processo de fidelização de clientes.

São ferramentas e estratégias de relacionamento que fornecem dados importantes para tomada de decisões em direção à melhoria de seu desempenho no mercado. Esteja atento!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais para discutir o assunto com a sua rede de trabalho!