Uma boa gestão empresarial necessita ter controle dos mais diversos pontos do negócio, tais como compras de insumos, verificação de investimentos, análise do mercado, entre outros. As métricas definidas são essenciais para encontrar falhas e otimizar resultados.

Uma delas que merece maior atenção está relacionada com os indicadores de desempenho. Continue lendo e descubra o que eles são, quais são os mais utilizados no mercado e os benefícios que eles trazem para a otimização do seu negócio.

O que são indicadores de desempenho?

Os indicadores de desempenho são métricas direcionadas à mensuração dos processos da empresa. Eles visam avaliar se os resultados esperados foram atingidos, observando se o negócio está, de fato, atuando de forma competitiva.

Quais são os mais utilizados?

Porém, para cada negócio e, também, para cada gestor, há itens que são mais importantes do que outros na hora de avaliar o desempenho. Nesse caso, opta-se por um indicador específico. Também é possível combiná-los a fim de tornar os dados mais robustos e completos. Estão entre os 5 mais utilizados, estão:

1. Indicadores de produtividade

É um dos indicadores mais fáceis de serem calculados. Nele, verifica-se o quanto a sua empresa está produzindo de acordo com a relação hora/trabalhador ou, em caso de sistemas automatizados, hora/máquina.

Assim pode-se constatar se há gargalos de produção em determinadas áreas, de forma a reparar os danos e potencializar o funcionamento da cadeia produtiva.

2. Indicadores de lucratividade

Os indicadores de lucratividade são utilizados, principalmente, quando a empresa obtém um faturamento positivo, mas o lucro líquido ainda não está de acordo com o esperado. Dessa forma, poderá descobrir se o percentual de lucro está adequado ou, se então, há custos elevados que devem ser repassados para o valor final do produto ou serviço.

Uma forma de realizar esse cálculo é por meio da comparação entre a lucratividade média do setor e a obtida pelo seu negócio.

Outro parâmetro bastante utilizado como indicador de lucratividade pelo mercado é o cálculo do ROI (Return On Investment, ou retorno sobre investimento, em português).

3. Indicadores de rentabilidade

Os indicadores de rentabilidade vão além da avaliação de produtividade e do nível de adequação dos lucros. Ele verifica quanto houve de rendimento acerca da quantia que a empresa possui. Afinal, o capital precisa girar para trazer cada vez mais lucro.

O cálculo desse indicador é feito de forma percentual: avalia-se a relação entre o lucro e o investimento feito. Por exemplo, se foi investido R$ 250 mil e houve lucro de R$ 10 mil, a rentabilidade é de 4%.

4. Indicadores de capacidade

Desempenho não está relacionado apenas com quantias e obtenção de capital. Também se aplica à relação de produtividade, ou seja, o que pode ser produzido em determinado tempo. Por exemplo, pode-se avaliar quantos produtos são fabricados em um dia de trabalho.

5. Indicadores de qualidade

Atua em conjunto com os indicadores de produtividade e capacidade. Ele permite avaliar o contexto no qual ocorre a produção. Afinal, seus departamentos podem ser produtivos, seu maquinário pode permitir produção acelerada, mas se as peças não forem elaboradas com qualidade, ainda assim haverá prejuízo.

Esse indicador pode ser mensurado por meio da quantidade de peças que são devolvidas ou inviabilizadas por defeitos ou necessidade de reparo.

Como eles podem otimizar a sua empresa?

Os indicadores de desempenho são essenciais para qualquer empresa e podem trazer uma série de vantagens para o seu dia a dia, tais como:

  • encontrar os pontos exatos que estão atrapalhando o desempenho do negócio;

  • melhorar o conhecimento de cada setor, avaliando as demandas e peculiaridades individuais;

  • mensurar o clima organizacional, já que este pode ser um dos pontos que afeta o desempenho;

  • verificar a necessidade de reparos de determinados maquinários e/ou treinamento de pessoal, a fim obter melhor performance;

  • otimizar da cadeia produtiva;

  • mensurar a situação real da empresa.

Assim, as avaliações dos indicadores de desempenho são ótimas ferramentas para você que deseja tornar sua organização mais produtiva, bem como obter vantagem competitiva diante dos seus concorrentes.

E outro ponto interessante para conhecer melhor as dinâmicas da sua organização é por meio da integração entre CRM e ERP. Conheça as 5 principais vantagens de realizar essa combinação!