Em qualquer negócio, não é o esforço e o investimento de apenas um setor que contribui para sua produtividade. Diferentes áreas precisam trabalhar juntas para conseguir alcançar objetivos mais elevados. Esse é o caso do vendarketing, conceito que une o trabalho de vendas e de marketing dentro das empresas.

Tradicionalmente, o setor de marketing era direcionado apenas à ampla divulgação da empresa, pensando em propagandas e banners, enquanto a área de vendas se concentrava na captação e conversão do público. Porém, nos últimos anos, as duas áreas se aproximaram bastante.

Não é mais possível pensar em uma campanha de atração sem pensar também em todo o processo de atendimento e conversão posterior. O trabalho de divulgação é criado já tendo em mente a capacidade de trabalho da equipe de venda, com o objetivo de maximizar o aproveitamento de seus recursos.

Para implementar o vendarketing, o ideal é que você siga as orientações que vamos dar neste texto. Confira!

Alinhamento de objetivos

Naturalmente, para que dois setores da empresa possam trabalhar em conjunto, ambos precisam ter os mesmos objetivos em mente. Caso contrário, pode ser que seus esforços gerem conflitos ao longo do tempo. Antes de qualquer outra atitude, aproxime as duas áreas e garanta que ambas tenham as mesmas metas.

Service Level Agreement

Chamado também de “Acordo de Nível de Trabalho” ou “SLA”, esse é um acordo em que as áreas de marketing e de vendas estabelecem quais são as obrigações e responsabilidades de cada uma. Dessa forma, não haverá nenhum conflito de autoridade, nem se corre o risco de atribuir a um grupo uma tarefa com a qual ele não pode lidar.

Análise precisa de métricas

Assim como seus setores originais, o vendarketing não pode se apoiar em intuição e pura experiência. O contexto do mercado muda constantemente, exigindo métricas sólidas para fazer análises e tomar decisões. Para isso, você precisa usar ferramentas para registrar esses dados e definir quais são as mais relevantes para sua análise de desempenho.

Integração de sistemas

Por fim, mas não menos importante, você deve ter uma plataforma ou ferramenta que integre o trabalho de ambos os setores. Sem isso, será muito mais difícil coordenar suas ações em larga escala. Caso você já utilize sistemas separados para os dois setores, verifique se eles podem ser integrados. Isso economiza parte da implementação.

A ideia é que ambos trabalhem com o conceito de “Sales Enablement” (capacitação/facilitação de vendas), criando um processo padronizado de vendas. Dessa forma, a empresa pode otimizar seu trabalho e maximizar os resultados sem perder consistência.

Além desses pontos, é importante pensar em como promover o engajamento das duas equipes nessa integração. As áreas de marketing e vendas têm perspectivas levemente diferentes em relação ao trabalho realizado. Para que tal união dê certo, ambas precisam estar empenhadas e repensar suas próprias tarefas.

Com essas informações sobre vendarketing, você já deve ter um ponto de partida para implementá-lo em sua empresa. Se ainda precisa de mais ajuda para melhorar a interação das duas equipes nesse processo, veja nossa lista de ferramentas de engajamento que você pode usar em seu negócio.